By PDLCPayday Loan

Cielo x Redecard já 1º de Julho

escrito por Thiago, Sunday, June 6th, 2010 6:48 pm  18 comentários até agora  Deixe seu comentário

Um pouco de concorrência nunca fez mal a ninguém e jamais neste país no século 21 poderia haver segmentos monopolizados, mas não é bem o que acontece. O mercado de cartões de crédito ainda é um mercado para poucos e até pouco tempo era puro monopólio nos forçando a sermos atendidos de qualquer maneira e ainda assim tendo que dizer muito obrigado pelos “senhores” permitirem que eu venda com a sua bandeira.

Lembro uma vez que juntamente com um cliente acionamos judicialmente uma administradora por não concordar com os métodos de segurança praticados que possibilitam charge back, isso fez com que a empresa ficasse 3 meses sem poder vender com esta bandeira e tivemos que voltar atrás.

Atualmente ainda estamos com estes problemas, mas esperamos muito que isso mude. A Redecard e a Cielo agora passam a capturar transações de quase todos os cartões, isso gera um pouco a mais de concorrência, ainda baixa, mas é melhor do que nada.

cieloxredecardProblemas com o monopólio:

1. Atendimento péssimo
2. Sistema tecnológico antigo e precário
3. Taxas de administração e seguro altíssimas
4. Baixa segurança ao lojista

Com menor monopólio:

1. Atendimento péssimo. Acredito que ainda continuaremos recebendo um péssimo atendimento, afinal apenas duas empresas concorrentes não conseguirão sanar este mal. Irá acontecer mais ou menos como na telefonia, onde mesmo com mais empresas a concorrência ainda é muito pequena.

2. Sistema tecnológico antigo e precário. Qualquer sistema de captura existente hoje poderia ser muito melhor, propiciando maior agilidade aos lojistas e melhor compreensão aos consumidores. O VbV da Visa por exemplo é o pior sistema de atendimento ao consumidor que já vi, além de trabalhar somente com pop up, não atende as expectativas dos consumidores nem dos lojistas. Agora 01/07/2010 a Redecard já começa capturar os cartões VISA, quem desejar extinguir o VbV de sua loja não perca tempo, negocie com a Redecard e comece dia primeiro de julho. Segundo a Cielo, o sistema VbV será totalmente modificado e mas isso só para 01/08/2010 é ver para crer.

3. Taxas de administração e seguro altíssimas. As taxas cobradas pelas administradoras poderiam ser de qualquer valor, afinal, se você quiser vender aceite este taxa. Agora esperamos que isso mude um pouco, as lojas já começaram a chamar as administradoras para iniciarem as negociações, vamos ver até onde isso chega, hoje em média a taxa para cartões online variam de 3,5% a 4,5% o que é muito dinheiro.

4. Baixa segurança ao lojista. Na taxa assim há um seguro que o lojista paga para problemas com não pagamento, acontece que este seguro é para a administradora que por não ter um sistema eficiente propicia que o risco de fraudes sejam grandes e além do seguro pago a cada transação realizada com sucesso se houver alguma fraude a loja é quem paga todo o prejuízo. Esperamos que seja feito alguma coisa para melhorar esta situação que é ridícula, já que as administradoras tem inúmeros dados que poderiam cruzar para propiciar maior segurança ao lojista.

Segundo as administradoras a aceitação de bandeiras ficará assim:
Cielo aceitará VISA, Mastercard, Diners e Amerian Express.
Redecard aceitará VISA, Mastercard, Diners e Hipercard.

Categorias:

Negócios, Tecnologia, wb4b

Relacionados:

Submarino.com.br

18 comentários sobre “Cielo x Redecard já 1º de Julho”

  1. Lokoweb escreveu:

    Discordo com essa matéria… não confunda Visa com Visanet e Cielo… do mesmo modo Redecard da Master Card…
    Trabalho no atendimento da Cielo HD… e posso informar… muitas vezes e o próprio estabelecimento que “quebra os POS” no caso do e-commerce não e diferente… muitas pessoas querem tudo pronto, as pessoas devem estudar como integrar os sistema para que assim funcione 100%… alias você já ligou para a central de atendimento da Cielo esses dias…. quanto tempo ficou esperando… tudo esta mudando, e vai mudar mais ainda… e claro que não posso dar detalhes mas posso dizer que as mudanças serão muito positivas do lado Cielo…

    Segurança do lojista – 100% das vendas hoje da Cielo são seguras, está com dúvida se uma venda foi feita ou não, ligue para a central HD, mas se saiu os dois comprovantes e que a venda foi realizada com sucesso… e impossível hoje alguém instalar algum tipo de leitor de cartões na maquina da Cielo “chupa cabra”… tente pegar um Ingenico e abri… ele bloqueia, e não tem cristão que faça ele desbloquear…

    Sobre as Taxas – elas são negociáveis… porem com a alta carga tributaria brasileira não tem muito o que fazer…

  2. Thiago escreveu:

    Olá caro “???”, como este blog é sobre e-commerce vamos falar somente sobre operações online, ok, este negócio de maquineta sai um pouco da discussão.

    Acredito que não confundi Visa, Visanet e Cielo, no caso estou falando sobre o VBV da Visanet que agora é Cielo então falei tudo que esta escrito acima da atual Cielo.

    Com relação ao sistema de vocês, (já que você trabalha na Cielo) os próprios consultores de vocês acham muito ruim. Não posso acreditar que um sistema que necessite de popup e que informa aos consumidores mensagens sem sentido quando dá algum problema com o cartão sejá um sistema bom.

    Com relação a segurança, acho que você deve estar falando de vendas com a presença do cartão, pois sem a presença a segurança garantida é 0%.

    Com relação as taxas realmente não duvido sobre suas informação, o que questiono é o lojista pagar um seguro para ter 0% de segurança.

  3. Marcos Amelio escreveu:

    Eh não trabalho nas operadoras, mas tb não concordo em muito com essa matéria, vamos falar de ecommerce e mesmo lendo seu (histórico Thiago). Vc deve ser desenvolvedor ou dono que não sai de casa, bitolado.

    As soluções sem popup existem e funiciona alá Submarino e Americanas, basta procurar e por um pouco a mão no bolso. (Pelo que andei escutando da KD, os senhores não tem problema quanto a isso).

    Garantias idem, basta procurar que há.

    Concordo somente com as taxas, isso é roubo, os caras não fazem praticamente nada para
    cobrar 4% de uma venda, coisa de 5 mundo.

  4. Thiago escreveu:

    Olá Marcos, bitolado pegou pesado, hein (heheh)

    Quando faço um post no blog não penso somente nas médias ou grandes lojas, penso em todas e por isso falo sempe mau do VbV e falo mau pois a Visanet que a criou teria capital para fazer algo muito melhor como a Paypal por exemplo.

    Também conheço sistemas de pagamento sem a necessidade do VbV (tef dedicado) mas como informei acima, nem todas as lojas podem utilizar um sistema desse.

    Para encerrar a discussão e ir direto ao assunto sobre o porque escrevi este post é para tranquilizar e informar a todos que detestam o VbV como eu que a partir de 01/07 poderão utilizar a Redecard para capturar suas vendas do Visa. Bye Bye VBV.

    Valeu por suas opiniões Marcos.

  5. Flávio Maciel escreveu:

    Pessoal,
    a queda do duopólio chega para finalmente dar o estímulo que faltava ao mercado de cartões brasileiro.
    A qualidade dos serviços e, principalmente do atendimento, passarão a ser diferenciais competitivos nos quais Redecard e Cielo serão obrigadas a investir muito mais daqui para frente.
    Novos adquirentes estão por entrar também (sim, Adquirente é a denominação correta para estas empresas) e a expectativa é de que todo o mercado saia ganhando.
    Quanto a discussão sobre popups, VBV, etc, saibam que existem sim soluções para pagamento sem popup e a própria Cielo já está lançando um novo sistema que substituirá o VBV. Muitas novidades tecnológicas também estão surgindo em função da queda do duopólio.
    Aproveito para informar que o gateway de pagamentos iPAGARE permite a venda com cartões de crédito sem janelas popup e já está pronto para os novos sistemas que estão sendo lançados pelas adquirentes.
    Abraços

  6. Regina escreveu:

    Olá para todos, esse assunto tá cada vez ficando mais atual, cielo e redecard, atualmente trabalho em uma agencia de website, também construímos sites e-commerce, e até hoje o VBV não teve nem um problema, claro que não e fácil lidar com modulo e se adequar ao site porem ainda assim trabalho sem problema, nunca tive nem um problema com venda perdida ou com cancelamento, porem nada e perfeito… porem amigos a redecard quem não se lembra parou o ano passado… e isso também afetou a parte de e-commerce, uma véspera de natal sem vender por causa de pena no servidor da redecard ninguém merece, não confio nem um pouco no serviço da redecard isso por que além de trabalhar na agencia tenho um estabelecimento comercial também… a diferença agora de atendimento e mais que notável… sobre os popups que o pessoal tá falando, não tenho nem um problema ainda… o sistema de e-commerce da Redecard e o Komerce qua já tive alguns problema, e desisti… que também parou no final do ano passado então… bom não quero trocar o certo pelo duvidoso… bom agora quem quer que tudo sejá fácil, tem o MOIP, Pagseguro, PayPal… aceitam cartões e parcelam também… então não precisa ficar preso ao VBV e o KO rss

    minha opnião… beijo a todos

  7. Thiago escreveu:

    Olá Regina, obrigado por ter deixado sua opinião. Esta questão realmente é muito pessoal de cada loja. Para deixar claro porque não gosto da tecnologia VBV é simplismente porque ao consumidor há diferença de uso entre uma compra nas grandes lojas ou uma compra nas pequenas lojas. A partir do momento que as duas forem iguais a escolha simplismente será por questões de Atendimento, Custo, Segurança, Confiabilidade.

    Não vamos nos esquecer que o sistema VbB é um dos mais inseguros para o lojista.

    Eu não estou fazendo propaganda de ninguém, eu espero muito que as duas empresas evoluem muito e possam atender os lojistas e consumidores de uma maneira muito melhor que é hoje. Com isso poderemos ter mais opções e também espero que outras empresas entrem no Brasil se tivessemos umas 10 para escolher o mercado seria muito melhor.

  8. Cielo x Redecard já 1º de Julho | Porta8080 escreveu:

    [...] e-commercebrasil.org No TweetBacks yet. (Be the first to Tweet this post) Amerian Express, Atendimento, Diners, [...]

  9. LUIZ PEREIRA escreveu:

    MAIS UMA QUE EU NAO SABIA !!!
    Tá explicado, essa taxa por transação das vendas, que e muito alta paga pelo lojista, so traz beneficios as administradoras de cartao de credito, caso o cliente nao paga a fatura….
    e quando a alguma fraude…nos lojista ficamos ainda com o preujuizo….UM ABSURDO….TEM QUE ACABAR COM ISSO…EM QUE ERA ESTAMOS…ATE QUANDO VAMOS CONVIVER COM ESTA ESTORÇÃO…

  10. David escreveu:

    Bom, falando de experiencia própria e experiência muito negativa com relação ao e-commerce da Redecard, vulgo KOMERCI, a começar pelo manual que é confuso e não mostra nada, ainda bem que achamos uma versào em ingles (que deve ser de quem desenvolveu) e comisso conseguimos avançar, para ser atendido pelo komerci voce liga para a Redecard, 7 minutos depois, é atendido pela Redecard e passado para o Komerci (parece que são empresas diferentes mas são só salas diferentes) e mais 15 minutos você é atendido, quando é atendido, aguarde um momento, tem que DUPLICAR o cadastro no komerci e pegar um novo código do estabelecimento, como se o komerci fosse de outra empresa, feito isso pedem para o site estar pronto, detalhe: até então estamos fazendo o sistema no escuro pois a redecard não responde sem o tal cadastro no komerci, quando consigo falar no komerci os atendentes são despreparados e pra variar desconfio que o sistema não funciona na hora (pois muitas vezes um simples cadastro leva de 5 a 12 minutos para retornar) e quando retorna, dizem que vão ligar porque o sistema não liberou o cadastro (TRAVOU), bom esperando ou não ontem 27/08) conseguimos falar com o pessoal as 20:45, passei meu telefone (apesar de eles já terem isso no cadastro da redecard) e a atendente me disse que me ligava se a ligação caisse (já tinha caido varias vezes antes), bom como já era 21:07 a ligação caiu (depois de 47 minutos) e hoje pela manhã vou começar minha peregrinação no cadastro do Komerci.

    RESUMO: Cielo não conheço direito com relação ao e-commerce mas pelo que vi é pior, mas talvez o atendimento seja melhor então pode ser que de certo, já mandei a proposta para tentar a Cielo e já pesquisei a GetNet (mas essa parece que não trabalha com e-commerce, só com o POS), a minha ultima opcão será a Pay Pal, enfim, vamos ver aonde termina isso. TIRANDO AS MAQUININHAS NOSSOS ADQUIRENTES (CIELO E REDECARD) ESTÃO BEM ATRASADOS NO E-COMMERCE, SOBRE O PAYPAL ELE TEM OBRIGAÇÃO DE SER BOM NO E-COMMERCE PORQUE SÓ TRABALHA COM ISSO.

    Obrigado e desculpe pelo desabafo.

  11. Antonio escreveu:

    Em relação aos custos iniciais e aos operacionais mês a mês, a integração dos meios de pagamento diretamente com as credenciadoras(Redecard, Cielo, …) é um pouco mais complexa, mas é muito mais econômica. A mesma integração através dos gateways de pagamento (Braspag, ..) é mais simples, mas sai mais caro. A mesma integração através dos chamados facilitadores (Pagseguro, ..) também é simples, mas sai mais caro ainda.

    Em relação a interação com o atendimento e suporte técnico, material disponível e opções de integração, em minha experiência com as credenciadoras de cartão de crédito, quem tem o melhor material para integração, as melhores opções, e o melhor suporte é a Americam Express, no entanto uma falha considerável é o material estar disponível somente em inglês.
    Na Redecard o processo de credenciamento foi crítico. O credenciamento pelo site não funcionou e o atendimento telefônico da Redecard foi simplesmente horrível. Para checar o sentimento do mercado basta verificar as reclamações em relação ao Komerci no site reclameaqui.com.br. Nossas experiências com o suporte técnico da Redecard foram também desanimadoras, dando a impressão de despreparo para a função. Algumas opções de integração são mal elaboradas e algumas vezes excludentes entre si. Por exemplo, ter a opção de pré-autorização habilitada exclui a sua opção de capturar o valor autorizado através do webservice nos casos de parcelamento, pois não permite identificar se o parcelamento é pelo emissor ou pelo estabelecimento.
    A nossa experiência com a Cielo ficou no meio do caminho entre uma e outra. A frustração neste caso é a não oferta da opção AVS.

    Em relação a segurança. Há uma tendência do mercado de se garantir a segurança do portador do cartão através de um modelo que gera uma insegurança cada vez maior no lado do estabelecimento. A tendência da captura das informações relacionadas ao cartão serem realizadas no ambiente da administradora (processadora), oculta ao estabelecimento as informações de quem pagou. Nenhuma informação que permita uma verificação de cadastro de quem realmente pagou é retornada. A opção AVS (Address Verification System) de verificação do endereço do dono do cartão disponibilizada pela Redecard e pela Amex atinge somente aquelas transações cujos emissores do cartão (Bancos) são conveniados. Mesmo essa ajuda é descartada quando a integração é Cielo, pois essa administradora não a disponibiliza. As opções de verificação de risco do estabelecimento tem que se concentrar na análise do usuário que se cadastra pois não tem acesso aos dados de cadastro do pagador, não é disponibilizado pelo sistema. Esse na realidade é o serviço que é prestado pelas agências de risco no comércio eletrônico, eles não se baseiam no cadastro do portador do cartão, eles não tem acesso.

  12. Rafael escreveu:

    E qual seria recomendado para meu e-commerce?

    Pelo que li aqui, as duas empresas oferecem um serviço de má qualidade (atendimento, sistema, etc), mas dentre essas, qual seria a melhor?

    Se o sistema e o atendimento é ruim, fazer o que né, de qualquer jeito dependeremos deles “/

  13. Thiago escreveu:

    Como eles são muito parecidos no atendimento você terá que ver o seu caso. Tente negociar com os dois, veja quem te dá melhores condições e vantagens e faça sua escolha. Temos clientes que reduziram em mais de 1% a taxa que pagavam…

  14. Rafael escreveu:

    E… Fugindo um pouco do assunto central…

    O que vocês tem a dizer sobre aqueles sistemas de pagamento, tipo PagSeguro, Pagamento Digital?
    Dentre esses dois citados acima, qual seria o melhor?

    Ando meio indeciso em correr atrás dessas empresas (Cielo ou Redecard), ou optar por um desses sistemas. Isso inclui juros, atendimento, qualidade no serviço prestado… enfim, o conjunto como um todo.

    Agradeço desde já!

    Parabéns pelo blog Thiago!

  15. Thiago escreveu:

    Obrigado pelo elogio Rafael, que bom que gosta do blog, ainda tenho muito para melhorar, mas espero que esteja ajudando ai.

    Com relação ao PagSeguro ou Pagamento Digital, acho os dois são muito parecidos e são bons para quem esta começando já que dão menos trabalho para implementar e são mais seguros, por conta disso são mais caros.

    Pessoalmente seu eu fosse começar uma loja pequena (vendas de até 50.000,00 mês) com certeza eu escolheria um terceiro para me ajudar nas operações financeiras.

  16. Marilia Lira escreveu:

    Por mais que eu rode na net atras de informaçoes sobre qual e a melhor, para a minha empresa, mais fico em duvida, o negocio e credenciar as duas, assim quando uma falhar tem a outra, e sempre negociar com a retençao por descontos nas taxas ou mesmo baixar o valor do alugel nas maquinas, sempre usando a unica arma que temos A CONCORENCIA.

  17. Rafael escreveu:

    Então é isso ai… =D

    Vou iniciar através do Pagamento Digital, e contratar uma maquininha POS da Cielo para implementar aqui no escritório, caso algum cliente queira pagar algum serviço prestado no cartão.

    Muito obrigado pelo auxilio Thiago… to acompanhando seu blog eim ;D

  18. ZENEILTON BANDEIRA escreveu:

    AS DUAS EMPRESAS REALMENTE OFERENCEM UM PESSIMO ATENDIMENTO.. MAS TIVE QUE SOFRER NA PELE O GRANDE MAL ATENDIMENTO DA REDECARD. 2 MESES TENTANDO CANCELAR UM SERVIÇO DE CONSULTA DE CHEGUE DA REDECARD E ATÉ CONSEGUI NO MES 02-2011 MAS A COBRANÇAS CONTINUARAM VINDOS NOS MESES SEQUINTES. ENTREI EM CONTATO E DISSERAM QUE EU TINHA REATIVADO O SERVIÇO.. COISA QUE NÃO ACONTECEU MAIS PEDI QUE FIZECEM O CANCELAMENTO DNOVO E ADVINHEM.. CONTINUOU VINDO A COBRANÇA.. NOVAMENTE ENTREI EM CONTATO E DISSERAM QUE ERA PRA EU FALAR COM O FINANCEIRO.. TRANSFERIRAM MAIS A LIGAÇÃO COMO SEMPRE CAIU. LIGUEI DIRETO NO FINANCEIRO E ME DISSERAM QUE NÃO ERAM ELES OS RESPONSSAVÉIS POR ESSE SERVIÇO. BLZ. DESISTI DA REDECARD E TEM 10 DIAS QUE TENTO CANCELAR O TUDO NA REDECAR MAIS NINGUEM É RESPONSAVEL POR ESSE SERVIÇO TAMBEM… SE TEM ALGUEM NESSA SITUAÇÃO ENTRE EM CONTATO PRA PODERMOS JUNTOS TOMARMOS OUTRAS PROVIDENCIAS JUNTO A JUSTIÇA. EMAIL… iltoncosta@gmail.com

Deixe sua opinião:

Submarino.com.br

Explore o E-commerce Brasil