Youtube e a indústria da musica.

escrito por Sara Silva, Monday, September 12th, 2016 11:51 am  Sem comentários  Deixe seu comentário

Com pesos pesados como Taylor Swift e Paul McCartney cada vez mais artistas e empresários do ramo musical se declaram insatisfeitos com a forma com que o YouTube paga pela visualização das músicas. Esta semana foi a vez dos britânicos atacarem a gigante dos vídeos.

Jack Garratt: “Quando você disponibiliza sua música nestes locais onde eles ganham muita visibilidade, você não é pago por fazer o seu trabalho”

Two Door Cinema Club: “Eu não acredito que neste minuto as coisas são justas. YouTube não paga um royalty justo.”

Craig David: “A indústria irá mudar corretamente no momento certo. YouTube irá se alinhar com todos. Eu não sei o quão rápido isto irá acontecer, mas inevitavelmente terá que acontecer.”

Jo Dipple: “Eu não tenho certeza se o YouTube – ou o Google , que é proprietária do YouTube – visualiza a música como sendo tão importante. Eu acredito que o YouTube deveria passar a valorizar a música como a Apple Music faz com seus serviços. Música é a razão intrínseca que as pessoas vão a plataforma e eles deveriam ver a música como parte intrínseca de seu negócio.”

O YouTube alega que sua forma de pagamento é por comercial apresentado e não por “streaming” (que na palavra do google seria “por visualização”), o YouTube alega pagar 50% dos valores ganhos em publicidade (comerciais e banners vinculados nos vídeos) aos autores, que não poderia mudar sua forma de ser e que não seria justo aos outros produtores de conteúdo fazer um pagamento diferenciado apenas para produtores de conteúdo musical.

O sarcasmo está no fato de que o comercial do YouTube que demonstra como você pode utilizar o site como plataforma publicitária conta a história de uma pessoa com “29 anos e escutando a si própria pela primeira vez”, ou seja, é algo relacionado ao som. Sem dúvida é uma história comovente, mas também nós faz parar para pensar o quão importante é a musica em nossa vida (veja o comercial: https://youtu.be/5ZD4a3qDNlk)

Não sabemos qual o futuro desta disputa, porem é algo importante pois pode determinar o futuro da plataforma e também nós lembra o quão importante a música é em uma propaganda em vídeo. E você, qual a sua opinião sobre a questão?

Vejam a notícia original que nós levou a escrever a matéria http://www.bbc.co.uk/newsbeat/article/37333397/youtube-is-still-not-paying-enough-to-british-musicians

Categorias:

Artigos, Negócios

Relacionados:

Submarino.com.br

Deixe sua opinião:

Submarino.com.br

Explore o E-commerce Brasil