Uma visão sobre trabalhadores freelancers nos EUA

escrito por Sara Silva, Monday, December 19th, 2016 9:09 am  Sem comentários  Deixe seu comentário

Dia 15 de Dezembro o LinkedIn publicou o “The Freelance Economy: Top Trends to Watch in 2017“, um dos vários relatórios que fazem sobre o mercado de trabalho. Como os EUA ditam as tendências de diversos itens em nossa economia e sociedade acreditamos ser interessante publicar uma avaliação deste estudo aqui também.

Bem no início da publicação eles citam o estudo da Marketwired que aponta que 35% da força de trabalho americana executa serviços de freelance e segundo este relatório a quantidade de pessoas executando trabalhos freelances tem aumentado anualmente desde 2014, momento em que o estudo teria se iniciado. Outro ponto interessante é o conceito afirmado por 78% dos entrevistados de que trabalho freelancer é melhor que trabalho tradicional, a surpresa é que nem todos afirmaram que realmente o freelance é melhor.

Aparentemente o estudo da Marketwired teria estimulado a publicação do relatório do LinkedIn que aprofunda um pouco o dia-a-dia dos entrevistados demonstrando que os trabalhos de freelancer são mais focados em serviços com experiência. Freelancers jovens tendem a focar seus serviços em habilidades e tecnologias enquanto freelancers mais velhos tendem a apresentar experiência e netoworking como sendo os principais ativos de suas atividades.

Categorias:

Artigos, Negócios

Relacionados:

Submarino.com.br

Deixe sua opinião:

Submarino.com.br

Explore o E-commerce Brasil