O que esperar da aquisição do LinkedIn pela Microsoft?

escrito por Sara Silva, Monday, June 20th, 2016 9:10 am  Sem comentários  Deixe seu comentário

Alguns disseram que o principal objetivo da aquisição foi fazer o LinkedIn parar de ficar mandando e-mails do tipo “quero fazer parte de sua rede” para Satya Nadella (o presidente da Microsoft), a brincadeira surgiu depois que a quantia de US$ 255,00 por usuário ativo foi apresentada. Considerada por muitos como um valor 50% acima do que realmente valia só o futuro dirá se foi realmente uma boa negociação.

Windows CE, Windows 2000 e Windows ME são alguns dos produtos que nós levavam a pensar que a Microsoft estava “perdendo o bonde” e por isto as tentativas de adquirir o Yahoo! (por volta de 2010) aconteciam. A empresa sabia que tinha que investir na internet, só não sabia como. Com a entrada do Windows 8 e a aquisição da Nokia os rumos da empresa pareciam estar tomando forma porem o Windows 8 ainda não era exatamente o que o publico queria e a Nokia foi um remédio atrasado para o Windows Phone.

Segundo Jeff Weiner em seu post “Microsoft and LinkedIn: Together Changing the Way the World Works” (“Microsoft e LinkedIn: Mudando a forma com que o mundo trabalha”) afirmou que juntas Microsoft e LinkedIn seriam as lideres em Cloud e Networking e que o negócio ajudaria ambas a crescerem. Que a Microsoft estará focando próximas versões do Windows  para redes sociais ninguém tem dúvida a pergunta agora é se realmente o LinkedIn terá a flexibilidade que lhe foi prometida e se a negociação não foi mais uma bala atrasada da Microsoft.

Categorias:

Artigos, Negócios

Relacionados:

Submarino.com.br

Deixe sua opinião:

Submarino.com.br

Explore o E-commerce Brasil