By PDLCPayday Loan

Como realmente vender calçados

escrito por Thiago, Friday, January 11th, 2008 7:04 am  Um comentário  Deixe seu comentário

EndlessAqui no Brasil o que se fala de vendas online é em eletrônicos, informática, livros e dvds, eletro domésticos… pouco evoluimos na questão de venda de moda.

Segundo o E-bit existem atualmente  267 lojas que vendem artigos de moda, mas pelo que andei vendo se tiver umas 10 que realmente vendam é muito.

O problema de vender produtos de moda é que as lojas não ajudam o visitante a se sentir seguro de realizar a compra, além de estarmos em um país que ainda esta começando o hábito de comprar pela internet.

Nos EUA e Europa já é normal comprar moda pela internet, por isso gostaria de apresentar a Endless (www.endless.com), uma loja que realmente me chamou a atenção pela inovação em demonstrar seus produtos.

Você consegue ver o calçado melhor do que se estivesse segurando-o na mão, mas isso é só um dos diferenciais, quando você começa dar uma olhada na loja realmente fica seguro de comprar pelo modelo de negócio da loja, veja alguns detalhes:

  • Frete – $5,00 (ou seja, frete negativo)
  • Garantida de 110% sobre o preço (eles pagam 110% da diferença de preço que encontrar na concorrência)
  • Devolução gratuíta (se não servir ou não gostar tem 1 ano para devolver)

Resumindo, empresas estão investindo muito em vendas de moda lá fora por que os internautas pagam a conta, é só uma questão de tempo para os brasileiros também começarem comprar moda pela internet, só basta que as lojas façam sua parte e realmente atendam de forma eficiente esta demanda.

Categorias:

Lojas interessantes

Relacionados:

Submarino.com.br

Um comentário sobre “Como realmente vender calçados”

  1. Fique por dentro Calcados » Blog Archive » E-commerceBrasil.org - Por trás das operações de loja virtual … escreveu:

    [...] na loja realmente fica seguro de comprar pelo modelo de negócio da loja, … fique por dentro clique aqui. Fonte: [...]

Deixe sua opinião:

Submarino.com.br

Explore o E-commerce Brasil